Médicos tratando de Covid-19

Hospitalizações por SRAG em Divinópolis aumentam 1.052%

A Secretaria Municipal de Saúde (Semusa), por meio da Vigilância em Saúde, divulgou o aumento de internações por síndrome respiratória aguda grave (SRAG) no ano de 2020. Os dados correspondem até o último sábado, 13, e foram registrados pelos hospitais Santa Lúcia, Santa Mônica, São João de Deus, São Judas Tadeu e UPA Padre Roberto.       

196 casos foram registrados o último sábado, 13,um aumento de 1,052% em relação a 2019, quando a quantidade de ocorrências foi de 17.





Cerca de 62% das hospitalizações por SRAG foram de residentes em Divinópolis.

— O aumento dos casos pode ser explicado tanto pelo grande número de internações em decorrência do coronavírus quanto pelo aumento das notificações dos casos pela rede hospitalar pública e privada — informou a Prefeitura. 

Leia também: Covid-19: boletim municipal aponta aumento de casos confirmados e pacientes curados em Divinópolis

Foram catalogados 122 casos de SRAG, com 39 mortos, 73 casos de cura e 10 ainda em situação hospitalar no município.

Segundo o secretário da Saúde, Amarildo Sousa, a situação está é monitorada para não ser registrada como casos subnotificados da covid-19.

— Estamos monitorando os casos que recebemos de Divinópolis. Seu diagnóstico é de extrema importância para conseguirmos avaliar a real situação no município, sempre de forma a respeitar e propagar as medidas sanitárias adotadas pelos órgãos de saúde para a população — declarou.

O relatório disponibilizado pela Semusa está neste link.

One thought on “Hospitalizações por SRAG em Divinópolis aumentam 1.052%

Leave a Reply